Pensamento Vadio

Janeiro 29 2009

Hoje as palavras do dia são:

. Sócrates

. Ingleses

. Comunicado

. e, para mim, consolo.

Passo a explicar: SÓCRATES porque como disse hoje um dos pivôs da SIC radical o país real está parado para ouvir Sócrates. Erro.  Sócrates é o assunto do dia porque aquilo que os portugueses mais gostam de assistir é à desgraça dos outros, mesmo que isso possa eventualmente resultar na sua própria desgraça. Mas isso é um pormenor, o que interessa é ver sangue.

Ingleses, porque eles vieram lembrar agora que o caso existe desde 2005. Eles enviaram uma carta rogatória e eles são ultra competentes e que por isso Sócrates é suspeito. Mais são tão competentes que a TVI, noticiou no seu Jornal da Noite a sua própria versão dos factos, fundamentada numa informação obtida junto da polícia inglesa e pela sua interpretação das palavras da PGR.

Comunicado, porque a PGR faz um. O Sócrates faz outro. E, eu à minha maneira com este post acabo também por fazer um. Mas a essência dos comunicados é que não servem para nada.

Consolo: simples, depois de tanto criticar a Justiça em Portugal, o tráfico de influências e as quebras de segredo de justiça, vem agora porque um dos possíveis suspeitos PODERÁ ser o Primeiro-ministro saber-se o que consta de cartas rogatórias, de quem constava em 2005 como suspeitos para os ingleses e informações contrárias às do comunicado da PGR. E, consolo é para mim a palavra do dia também porque afinal não são só os portugueses que são incompetentes porque se a matéria era segredo de justiça como é que pode ser avançada em primeira mão por qualquer uma TV. Se a investigação começou (penso que não, mas admitamos isso) em 2005, ano em que já se apontavam 4 suspeitos portugueses, porquê só 4 anos depois se volta a saber alguma coisa? Por várias razões certamente, mas sem dúvida isto serve para dizer que a justiça portuguesa não é a mais lenta ou não é a única a ser lenta.

Achava importante que em vez de porem o Miguel Sousa Tavares, a Srª Procuradora do MP, o Director da Visão e todos os outros comentadores a emitir opiniões sobre o caso, se explicasse o que realmente se passa, e já agora alguns termos usados, já que para a maioria das pessoas são totalmente desconhecidos.

Existe a presunção de inocência, e aqui aplico essa presunção e até que se prove o contrário para mim o Primeiro-ministro está inocente. Não podemos confundir nunca opiniões políticas com opiniões pessoais e jurídicas.

 

publicado por pensamentovadio às 21:12
Tags:

Há muitas formas de ver... e essa é a tua! Neste caso, apesar de ter de ser aplicada, não concordo com isso da presunção de inocência do Sócrates... Não se trata de gostar de ver a desgraça alheia, mas onde há fumo há fogo!
Bloguótico a 30 de Janeiro de 2009 às 01:06

Se pensasse de outra forma seria acreditar que aqueles que trabalham na Justiça, ao seu mais alto nível seriam estúpidos ao ponto de porem a sua carreira em causa. Seriam desonestos ao ponto de encobrir um caso de interesse nacional, permitindo mesmo a eleição de um primeiro- ministro corrupto, e isso não acredito. A presunção de inocência como sabes não é opcional apesar de aparentemente o ser.
pensamentovadio a 30 de Janeiro de 2009 às 13:08

Não estava à espera de um post tão sério! ;p

Ora bem, eu acho esta história toda muito estranha. Isto porque, estando a peste do Sócrates inocente ou não, falta explicar aos portugueses porque é que o raio do Freeport está construído parcialmente sobre uma zona protegida, não respeitando nem o novo regime da lei nem o antigo. Nem satisfaz a suposta cunha nem justifica a alteração...
Isso é que é estranho. E mais estranha é a desculpa da Procuradora que devia ter passado a noite em casa em vez de andar na tv a falar de casos pendentes: então manda-se uma carta para a Inglaterra, eles não dizem nada e nós ficamos 4 anos à espera a ver navios? Porra! Até na administração pública é mais rápido: 6 meses sem dizer nada equivale a indeferimento! É assim tão difícil?

Parabéns a ti por fazeres um post assim, porque os outros intervenientes no post e no meu comentário, a esses não entendo...
Salto-Alto a 1 de Fevereiro de 2009 às 01:48

Ás vezes também sei falar a sério ;)
pensamentovadio a 2 de Fevereiro de 2009 às 20:31

Um caso muito sério que ainda não entendi. Afinal as áreas protegidas sempre foram modificadas para que se construíssem grandes empreendimentos. Sempre foi assim com centros comerciais e fábricas de grandes empresas. Não me venham agora dizer que este caso é único e culpado apenas por haver um gajo a governar (bem ou mal) o nosso país. Ou bem ou mal, nas próximas eleições ele estará de novo no governo, porque sinceramente, não vejo mais ninguém capaz de o levar. E com isto não estou a dizer para votarem nele, apenas digo isto porque, em muita boa verdade, todos os candidatos são farinha do mesmo saco. É por estas e por outras coisas que o meu voto, desde que comecei a votar, sempre foi e será em branco.
Alvaro Faustino a 1 de Fevereiro de 2009 às 11:32

Concordo pelnamente com tudo o que disseste, e mais, digo aqueles que não perdem uma oportunidade para dizer mal (com razão ou não isso não ponho em questão) só digo uma coisa? o que fariam de diferente? o que acham que outros fariam?...
pensamentovadio a 2 de Fevereiro de 2009 às 20:33

É o que temos...

Portugal, Portugal, Portugal
Esta história já cheira mal

E a desculpa do tio ou pai do Sócrates ou lá quem, que está implicado no caso? "Eh, está muito doente e já não se lembra do que passou!"
Do melhor!

Portugal, Portugal, Portugal
Esta história já cheira mal
Kal a 1 de Fevereiro de 2009 às 22:19

Kal Kal Kal
tu já estás a bater mal!

Ó homem eu dou te uma oportunidade de falar de coisas sérias no meu blog e tu brincas? Tu gostas é de contrariar... ai ai!
pensamentovadio a 2 de Fevereiro de 2009 às 20:34

Eh pá, se for para ver o Sócrates a arder eu até pago bilhete!
Ninja! a 2 de Fevereiro de 2009 às 02:28

Olha eu não pago, nem pa ele nem pa ninguém ( espera uma espécie marinha até pagava..) O zezito (como diz o tio ainda nos vai surprender- pela positiva!)

Sua irónica!
Kal a 2 de Fevereiro de 2009 às 23:43

Não me elogies que eu fico convencida e até mesmo um pouco envergonhada!
pensamentovadio a 3 de Fevereiro de 2009 às 15:32

"O misterio não é um muro onde a inteligência esbarra, mas um oceano onde ela mergulha". Mas o pensamento não esbarra esse derruba e segue em frente!
mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
15
16
17

19
22
23
24

25
26
27
28
30
31


pesquisar
 
Recepção de pensamentos
pensamentovadio@gmail.com
Contador (13.11.08)
Desenvolvimento de sites
Desenvolvimento de sites
blogs SAPO