Pensamento Vadio

Julho 30 2008

foto retirada da net

 

Esta na hora de fechar um ciclo.

Urge prender os sentimentos e as memórias no quarto escuro do nosso cérebro! Vou colocar um cadeado dourado para simbolizar que este ciclo da vida operou enormes mudanças, uma mutação jamais idealizada! Neste lugar sem acesso ficam as memórias de um tempo que passou e que só partindo sem pena de ele ter passado se pode continuar em frente rumo a um novo ciclo. Tristeza, dor, alegria, felicidade, amizade, desgosto, sofrimento, sorrisos fica tudo no meu quarto escuro, apenas esperando que eu retire o cadeado dourado da porta para me voltar tudo à lembrança!

É necessário renovar e se eu me renovo o blog renova também, depois das férias começa o futuro!

 

Pedro Paixão no seu livro "Saudades de Nova Iorque" diz uma frase que sintetiza tudo o que não quero dizer e que espero que gostem de ler  e de pensar por causa dela:

 

"Guardo a nostalgia de um beijo que ficou por receber e outro por dar."

 

Até à volta!

publicado por pensamentovadio às 21:01

Julho 28 2008

Este será provavelmente o último post antes de uma curtas mas merecidíssimas férias!

imagem retirada da net

 

Bem Portugal é noticia devido a elevada taxa de sinistralidade rodoviária, que não deixa só a sua amiga taxa de alcoolemia e estão as 2 lá no topo, fazendo de Portugal o país cheio de acidentes (e bêbados)!

Enfim, quando o carro que vai a nossa frente vai a fazer uns ziguezagues até se pensa que o condutor vai ao telemóvel (coisa também permitida!!!), ou a ver o mapa ou com pelo menos uma das mão um pouco ocupada à procura de algo no banco do passageiro (), quando vira, estaciona ou ultrapassa sem sinais achamos normal, já temos tal comportamento assimilado como normal. Mas e um condutor que enquanto desce a avenida não perde tempo e entre um semáforo e outro vai lendo o seu jornal que está onde? sabem onde? Em cima do belo do volante! E depois ainda dizem que nós não lemos, lemos sim senhor, só é pena sem dentro do carro e enquanto conduzimos o mesmo!

Mas nem tudo é mau, a sempre aquelas almas boazinhas que querem doar órgãos e então em plena via rápida, na loucura dos 120 KM/h levam o seu bracinho de fora porque homem que é homem conduz só com um braço mesmo que possa ficar sem ele!

Temos também aqueles condutores que não gostam de ser deixados para trás então quando estão a ser ultrapassados dizem para si " eu sou o  Michael Schumacher e tenho um Ferrari" e prego a fundo...

Mas nem todos se deixam influenciar por estas loucuras da velocidade que o diga o rafeirinho (nome carinhoso com que foi baptizado por mim, as 9:28h desta manhã) que estava deitado, pensando talvez numa bela cadelita lá do sitio, mesmo no meio da estrada! Para quem não está bem a ver o que é, o centro é onde tem aquela linha branca quando existem apenas 2 faixas! Neste caso acho que o teste de alcoolemia era para o  rafeirinho! 

 

( Se conduzir não beba, não leia jornal, não se atire à mulher que está sentada ao seu lado e prenda o seu cão antes de pegar no carro)!

publicado por pensamentovadio às 20:51

Julho 23 2008

O titulo engana eu sei mas o assunto é sério! Quem já não assistiu ou mesmo protagonizou uma cena "ticosa" (este termo é invensão de um colega meu que não me lembro quem mas que uso aqui)! Uma pessoa "ticosa" e aquela que tem tiques! Ora quem nunca viu alguém que não os tivesse? Ou quem pode afirmar que não tem nenhum? Os tiques devem ser um dos cromossomas do ADN humano!

Bem os tiques passeiam-se na nossa  sociedade, no nosso pais, na nossa rua com completo conforto! Portugal é um país com tiques de grandeza, quanto mais desce mais quer dar a entender que na no auge!! todos os dias vemos alguém com um tique. Alguns têm tiques nervosos como morder o lábio, piscar os olhos, estalar dedos...acho que algumas pessoas o próprio choro poderá ser considerado um tique! Mas estes tiques não são aqueles que me enervam mais. Aqueles que me tiram do sério são os tiques de vedetismo que vemos quando por exemplo alguém que é fgura pública tenta exibir-se por uma razão miniscula, ou por exemplo quando um jogador de futebol é transferido e ganhas este tique mas passadas 2 semanas já ninguém sabe o seu nome! Temos também tiques de autoridade como por exemplo alguém que não tem cargo importante ou muitas vezes não tem cargo nenhumaté, dar ordens ou tomar posições de comando face a pessoas com as mesmas funções! 

O que é complicado no meu ponto de vista é diferenciar face a determinadas atitudes qual a linha que separa tiques de complexos, de complexos que muitas vezes são mesmo de inferioridade pois só assim entendo a constante necessidade de ser o centro das atenções, de ter de tar a ser visto por aqueles que rodeiam. É complicado e numa sociedade em que o lema parece ser no minimo dúbio por vezes podemos interpretar mal uma pessoa que tem um tique nervoso, ou tem um determinado tique face  a uma fobia porque a maioria das pessoas que têm um tique igual são exibicionostas!

 

Será que o patinho feio se distinguia por ser realmente diferente  ou porque tinha o tique de pintar as penas?

 

publicado por pensamentovadio às 17:29

Julho 18 2008

Pah hoje decidi reclamar! Mas como eu nunca faço isto acredito que esteja perdoada!

 

As mulheres são mesmo más, são muitas vezes perversas! Eu sei que os homens concordam comigo mas as minhas queridas companheiras por mais que detestem ler isto é simplesmente verdade.

Claro está que é necessário fazer as necessárias ressalvas (embora pequenas).

Mulheres que não se conhecem lixarem-se umas às outras ainda se entende agora quando supostamente são amigas, desculpem mas não entendo. Consegui depois de uma dificil, elaborada e exaustiva pesquisa (mentira, bastou-me olhar à minha volta) chegar a brilhantes conclusões e terriveis exemplos:

- uma mulher consegue ser "amiga" de outra, fazer-se passar por ser a melhor "amiga" de outra só porque lhe dá jeito quer seja monetaria ou socialmente ou por motivos profissionais e emocionais;

- a mesma mulher apenas troca este estatuto ou põe em risco ( pois não está disposta a abdicar dele) quando outra lhe dá condições mais favoraveis;

- contudo uma mulher assim consegue ter amigas e é aqui que se descobre  toda a trama, passo a explicar: com a "amiga" tem sempre uma agenda ocupada; tem de pensar bem antes de agir e uns gostos requintados enquanto que com a verdadeira amiga um dia tem 35 horas, a agenda por mais ocupada que esteja há sempre duas horinhas para tomar um café e os gostos são sempre iguais e claro o telemovel tem um saldo ilimitado mas somente para o telemovel da amiga correspondente.

O mais chocante nisto tudo é que a "amiga" é enganada descaradamente, ingenuamente afirma com a lágrima no olho que finalmente tem uma amiga verdadeira e que a compreenda! Tudo vai bem, ela vai sendo enganada ou hipoteticamente deixando-se enganar até que de repente como que se acende uma luz que a ilumina e percebe que a "amiga" do seu coração se anda a atirar com todas as armas possiveis aos seu namorado.

Bem resumindo, as mulheres têm uma parte de si que é burra! Como é possivel deixarmo-nos enganar em todos os campos possiveis e só abrirem os olhos para a vida quando toca ao sector emocional? Não conseguem por exemplo ver aquelas competiçoes infantis do "eu tenho mais que tu" ou " a minha é melhor que a tua" ou então " a minha foi mais cara que a tua"...

Os homens dizem que somos competitivas mas eu acho que é mais do que isso. Mas auto proíbo-me de dizer o que penso porque sou mulher e nunca se sabe o que me rodeia...

publicado por pensamentovadio às 21:11

Julho 15 2008

 Depois dos meus queridíssimos comentadores nos terem presenteado com as suas mais profundas emoções, preocupações e mesmo desejos (foi sem dúvida o que se mais notei na minha leitura interpretativa) vou agora aliviar um pouco o ar que se respira por estes lados. Não, infelizmente não vou diminuir o dióxido de carbono! Não, também não vou proibir a entrada de fumadores! E não também não me vou “calar”! Lamento desiludir mas a vida é feita de dificuldade e eu vim para ficar! Mas vamos a que interessa!

imagem retirada da net

 

 

Nesta altura do ano, os neurónios de muitos já estou queimados, arrasados e já não conseguem pensar em nada, apenas e com muito esforço (diga-se) conseguem transmitir uma imagem ao cérebro. Neste momento todos queremos, o sol convida-nos a dar um saltinho a praia ou para amantes uma longa estada. Aquela imensidão de agua azul que reflecte o azul do céu depois aquela areia fantástica (ironia pura quanto a areia) são tudo o que os nossos pobres cérebros conseguem querer neste momento.

A praia é não só o encontro da terra com o mar mas o reencontro de nós mesmos quando deitados sobre o chão sem qualquer preconceito pensamos na vida e onde todos somos iguais sem diferenciações de qualquer ordem! E depois temos sempre o lado cómico, é que na praia vê-se de tudo, só espero este ano não encontrar de tudo também!!

 

Está aberta a época balnear aqui no pensamentovadio, pessoal bora lá para a praia??

 

publicado por pensamentovadio às 12:07
Tags: , ,

Julho 08 2008

Não tendo na memória nenhum momento trágico, nenhuma partida imediata (pelo menos não da blogosfera), hoje decidi escrever sobre as despedidas.

Foi a última vez que te vi, foi a última vez que os nossos olhares se cruzaram, foi o momento de um abraço sentido, de um beijo profundo. Tu não sabias porque ficavas, eu não sabia para onde ir, apenas sabiamos que era a hora de partir, de seguir em frente. Tinhamos a esperança que a nossa a amizade e o nosso amor não esmorecesse com a distancia mas antes pelo contrário que através da saudade ele se fortalece-se e enraiza-se. Não fizemos juras de sermos amigos para sempre nem de nos amar-mos para todo o sempre. Não quisemos ficar presos ou deixar amarras no passado. Quisemos seguir em frente como se acabassemos de nascer. Um abraço, um beijo é tudo o que temos do passado.

a dor da despedida apesar de não ser forçada a isso calou-se, não gritou para ficares ou para eu ficar apenas se resignou áquilo que a vida nos impunha. Nenhum de nós pensou valer a pena lutar para não partir e então partimos...

Mas sei que vou ter saudades tuas e jamais irei esquecer os momentos partilhados embora não reciprocamente aproveitados porque um de nós já estava de partida.

 

"O acto de despedir é apenas um motivo para nos voltarmos a conhecer"

publicado por pensamentovadio às 20:39

Julho 01 2008

Os homens e as mulheres têm uma visão diferente do mundo, isso é um dado adquirido. Que têm maneiras diferentes de ser, de estar e de sentir é a consequência natural da sua natureza, da sua forma de ver a vida e da posição que nela ocupam.

Contudo, cada um de nós sabe perfeitamente que dizemos coisas que pensamos exactamente o contrário, quer seja para não magoar quer seja para simplesmente esconder. Muitas vezes a adrenalina de se ter uma vida dupla justifica a incoerência entre o pensamento e as palavras.

Pois tive a analisar alguns comportamentos de ambos os sexos e descodifiquei algumas das palavras usadas. Eu sei toda a gente queria ter uma manual de instruções, até eu queria, mas cheguei a conclusão que para isso tenho de o fazer eu. Mas eu já dou a minha contribuição para um relacionamento saudável deixando aqui estes códigos. Claro está que estes podem ser personalizados mas aí…meus amigos arrisquem!

 

Mulher: “Tás tão gira hoje”- como é k ela sai da casa neste estado (vai desde a roupa às olheiras)

Homem: “Gosto da tua camisola” -pk é que ninguém me ofereceu uma!( e dizer isto para alguns é ultrapassar os limites da mariquice!)

Mulher: “Não conheço”- sim é verdade não conheço o tipo sanguíneo

Homem: “Não conheço”- ainda não foi para cama comigo!

Mulher: “Não insistas”- espero k tente pelo menos mais uma vez

Homem: “Não insistas”- desampara-me a loja!

Mulher: “Estás à vontade é todo teu”- se lhe tocas arranco-te os olhos

Homem: “Estás à vontade é toda tua”- também é uma vaca

Mulher: “Não sei…”-tenho de pensar

Homem: “Não sei…”o que faço agora( geralmente a mãe, mulher ou namorada decidem)

Mulher: “O teu amigo é giro”-_____ (apenas constata um facto)

Homem: “A tua amiga é gira”- pah enganei-me na amiga

Mulher: “Isto é só contigo”- estou apaixonada/este tipo é um parvo

Homem: “Isto é só contigo”- contigo e com as outras dez

 

Este não é um post sexista, mas tentando ver a realidade com algum humor. Contudo não deu para inventar muito!

 

publicado por pensamentovadio às 22:57

"O misterio não é um muro onde a inteligência esbarra, mas um oceano onde ela mergulha". Mas o pensamento não esbarra esse derruba e segue em frente!
mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
19

20
21
22
24
25
26

27
29
31


pesquisar
 
Recepção de pensamentos
pensamentovadio@gmail.com
Contador (13.11.08)
Desenvolvimento de sites
Desenvolvimento de sites
subscrever feeds
blogs SAPO